23 de mai de 2006



PAIXÃO

Essa paixão chegou perigosa
nebulosa
não avisou
me entrelaçou
com cheiro de proibido
desconhecido
me deixou quieta
com a idéia secreta
e a alma aberta
descoberta
mudou todos os elementos
e meus conhecimentos
me ensinou o estratagema
de viajar nesse tema
e mesmo tendo cuidado
com esse aprendizado
mudou minhas noções
meus porões, meus dragões
e até as constelações...

Ana Wagner

3 comentários:

ederpoesias disse...

Aninha, vc deixou transcorrer a torpe da paixão, a libido foi aflorada, desvendada...
sentimo-nos inflamados.

Continue...

Anônimo disse...

Oi, AnaPoeta:
Quanta sensibilidade, menina.
Parabéns,
Um beijão
Devany

Anônimo disse...

Adorei esse poema, quente, envolvente, apaixonate...
Parabéns e obrigada por partilhar conosco toda essa inspiração.
Beijos amiga querida!
Clara