12 de fev de 2009

PENITÊNCIA














P E N I T Ê N C I A . . .



aguardo que o Sol se ponha;
que o Céu então escurecendo
ganhe a cor da Lua cheia;
que estrelas pontilhem
em cada milímetro de meus olhos;
que renasçam as lembranças,
todas elas, de todos os dias;
que a saudade, ela sempre,
chegue de mansinho, e
na alma me faça um carinho;
no coração traga a dor,
a mesma a dor gostosa de sempre;
que eu chore, como choro
com o choro apaixonado
de todos os dias,
mas que continue te sentindo
viva em mim, todas as noites,
em meus sonhos e suspiros;
pois só tua presença,
ainda que longe e ausente,
deixa pra mim a noite
com gosto de um amanhã
de manhãs claras, brilhantes...
enfim, com jeito de você !



(Tadeu Paulo -- 2009-02-11)

9 de fev de 2009

GUSTAVO DRUMMOND

















ANA: Deus me deu o maior dos tesouros: a amizade e carinho, virtual ou real, de pessoas que tem um valor inestimável em minha vida. E me deu mais: a graça de nascer no dia em que minha mãe fazia aniversário, e completava um ano de casada.
Meu carinho e agradecimento a voce.
QUANDO NASCI
chovia em cores,
chuva amena.
era tarde da noite,
era alvorada
de minha vida.
anjos inquietos
e sorridentes
voavam alvoraçados.
flores cantavam distráidas
um canto campestre.
meu choro era
na cadência e compasso
de um bolero latino.
corria uma enxurrada de versos,
que molhava meu sono,
meus primeiros sonhos,
que vivem até hoje.
raios de amor,
trovões apaixonados
riscavam o céu,
luziam na terra,
na minha alma nova.
sou filho da poesia,
e do bom combate.
houve e havia,
intrínseco a imagem de um vate
medieval,
guardado nos caminhos meus.
um carnaval,
abençoado por Deus!...
[gustavo drummond]

* FELIZ ANIVERSÁRIO GUSTAVO! BEIJOS DA ANINHA.