26 de abr de 2007

TE PROCURO, MEU POEMA!




TE PROCURO, MEU POEMA!

Te procuro, meu poema!
pássaro inquieto na tarde
em cada centelha de vôo
em cada lágrima, mancha dágua
no anseio fugaz das letras
no instante, cabelos ao vento

te encontro nas ondas do mar

acalmando a tempestade
afagando meu pensamento

te encontro na realidade
na doçura de um momento
e na carícia dos amigos

e essa alegria
guardada em meu peito
levarei sempre comigo.

Ana Wagner



Um comentário:

sidney disse...

Muito bonito Aninha, o "Eu te procuro". Certamente ele também te procura, teu poema, vestido em trajes de vida e com a cabeça nas nuvens, sonho, pra poder te encontrar.