2 de mai de 2008

EDUARDUS POETA













"Quero fugir... Fugir desse silêncio da noite que começa a me envolver... Quero ir para um lugar onde não haja pensamento e muito menos silêncio... Não quero pensar... Não quero o silêncio... Quero fugir para qualquer lugar que não me encontre até que nasça outro dia e assim eu posso enfim me ver refletido de novo no espelho...!
Eduardus Poeta

* Presente de Edu

Nenhum comentário: