8 de nov de 2007

MEU MOLEQUE


***
Meu Moleque

Gosto do teu jeito moleque
o jeans desbotado
a fala dengosa
o tênis surrado
a mão audaciosa
o beijo atrevido

Gosto do sorriso maroto
um certo ciuminho
e quando me amas
diz frases de amor
palavras picantes
com mil entrelinhas

teu corpo macio
carícias dolentes
do jeito que vens
com teus entremeios
com fome de vida
sem nenhum receio

gosto quando te calas
os olhos brilhantes
sonhando quimeras
viajando em estrelas
comigo a teu lado
eterno menino

e quando te ausentas
saudade inquieta
nos braços abertos
o meu sussurrar
beijos sedentos
tempos de amar.

Ana Wagner

5 comentários:

tadeu paulo disse...

Tadeu Paulo:
Lindíssimo, fantástico. Idéia de pureza, despojamento, terra à terra, gente, povão.. Criatividade a toda prova..
Parabéns, poeta!
Beijos..

Wadão disse...

Ana,
Como sua poesia é feminina!
Dá na gente uma vontade de ser mulher.
Parabéns.
Oswaldo.

angela lara disse...

Menina Ana, prazer em conhecer-te... principalmente pq somos conterrâneas. Parabéns pelos belos poemas.
Enviado por Angela Lara em 09/11/2007 17:13

zul disse...

Adorei a menina-amor que
me mandaste.
Estava aqui visitando tua
casa, vasculhando tuas conchas
e descobri uma pérola linda: o
poema MEU MOLEQUE !!!
Que lindo,Aninha!
Vou levá-lo pra minha página!
Eu preciso de um pouco de beleza,de
leveza, de poesia,...
Preciso da poesia de Ana Wagner.
Bjus,ZuL

ADRIANO disse...

é de um estilo e de um bom gosto, incrivel!
gosto de poesias com este ritmo
tem sentimento profundo nestas palavras.
lindos todos eles, parabens