1 de jun de 2007

TEMO POR MINHA VIDA COMO POETA...


TEMO POR MINHA VIDA COMO POETA...

Temo por minha vida como poeta...
Não encontrar mais palavras
Gasta-las de tanto escrever
Perder-me em seus sentidos

Palavras...
Quem precisa de palavras...

Será que encontrarei
Outras menos gastas?
Daquelas de significado
Diferente será que acho?

Palavras... Quem precisa de palavras...

Desespera-me a possibilidade de não poetar-te
Pensar-te sem rima e prosa... Pensar-te silenciosa
Revirarei infinitos benditos espaços no tempo

Palavras...
Quem precisa de palavras...
Se o nosso alimento supera alma...
Vem...
Vamos viver apenas sentimentos

Olhe... Invente...
Aumente... Demente

Toque namoro amplo desvirado dado
Vem... Vamos de sentimentos
Se o nosso alimento é o amor... Vem

...Palavras... Quem precisa de palavras...

(Ana Wagner & Flacast 31.05.07)

13 comentários:

Lúcia "Sereníssima" disse...

Ana, amei o teu poema. Por favor querida, poste na nossa página! beijao

RILTON disse...

Parabéns menina, muito bom mesmo.
Te beijo.

AUGUSTO RAMOS disse...

olá querida que lindo vc estas inspirada
Beijos

RENATA disse...

ॐ Renata:
Parabens a vcs pelo !! Roda de Poetas, pelo premio. bjosss

ELIZABETH disse...

♥=|Ë£¡zäßë†h|=♥:
Lindo!... Lindo!...Adorei o poema....
Beijinhos no coração.... Uma linda e quente noite... 4 Jun

LILOKA disse...

Liloka:
Parabéns meu poeta !!!!
Você é merecedor desta e de muitas outras conquistas que estão à caminho....
Gostou da comunidade "Amantes da Palavra" ?
Tenha uma tarde serena,
Beijocas

Ana Wagner disse...

Aninha:
Parabéns, meu poeta!
O grande mérito do poema
foi seu..afinal foi um DUETO rsrs
Beijos inspirados.

NANCY disse...

勇 Nancy:
Oi, Desmiolado!

Ja que vc reclamou, parece um caminhao velho, vou escrever uma carta em vez de um scrap, ok?


Como vai? Tudo bem com vc?
E a familia? Os filhos? Seus pais?
Espero que estejam todos bem!
Que lindo! Foi vc que escreveu?
Qual foi sua inspiracao? Ou quem foi a musa inspiradora?
Quando vc escreve, trata de fatos reais ou de suas fantasias e imaginacao?
Ah! Gostei do seu album!
Eu tb atualizei o meu, passa por la depois?
Obrigada, querido!
Espero que seu final de semana seja igualmente quentinho e divertido!
Fique sempre bem, cada dia melhor!

Ate breve!

Um beijo...

SIRLEI disse...

Sirlei:
Amei sua parceria com a Aninha!..perfeita poesia!

bjusssssss

Flacast disse...

Minha maior musa...

Parabens pelo sucesso...

É muito bom tê-la como parceira de vida... de poesia e caminhada.

Beijos...

Doces... Beijos

claudete disse...

Claudete shinohara

Oi, querida, que jamais lhe falte a inspiração poética.

Grata por conhecer mais este escrito.

Beijos

marco bastos disse...

Aninha, boa tarde.
Antes de tudo os meus parabéns pela escolha do seu poema. Gostei muito dele.
Eu tenho também pensado nessa necessidade de silenciar sobre muitas coisas das quais muito se fala e ao falar nós as banalizamos. E sentimos a impotência das palavras diante do fato, do ato, do retrato. Tenho sentido a necessidade do meu silêncio e recuperar nesse silêncio a gravidade das percepções primeiras, dos pensamentos raros. E aí se instala um paradoxo: a necessidade de escrever sobre o excesso de tudo que se escreve, quebrando o silêncio que me move, para que ele, silêncio, sobreviva. rs.
beijos.
Marco.

aroeira disse...

Aroeira:
ei, gostei muito do seu "palavras... quem precisa de palavras..." e me lembrei de Paul Valery, que disse que "poeta é aquele que não encontra as palavras."
parabéns. sabe tudo!
bacio, ragazza