8 de mar de 2008

MARÇAL FILHO











* DEUSAS *

.
Radiante luz ardente
resplandece ao meu olhar
como deusas no Olympo
como Zéfiro a voar

és o ser superior,
a perfeita afinação
entre o ódio e o amor
entre a espada e o perdão

tu és dança perigosa
e ternura singular
és tormenta pavorosa
e a pureza do amar

tradução da poesia
fantasia do querer
és do mundo a magia...
Tudo és... És tu mulher!

(Marçal Filho)

...e parafraseando o Poetinha, os homens que me perdoem, mas, MULHER, é fundamental...(Parabéns a todas vocês).

Nenhum comentário: