26 de set de 2007

CÉU

CÉU

Idéias sonâmbulas
luzes se abrindo
tantas partidas
tantas ausências
taça ardente
vinho rascante
amargo mistério
de ser poeta
moldada
para ganhar o céu
o céu mais quente
o céu da boca
o seu...

Ana Wagner

7 comentários:

nanci disse...

Lindoooo, Ana, a força do beijo desejado kkkk Bjs na tua alma
Enviado por Nanci Cerqueira

edgar disse...

Querida poetiza seu texto esta lindo e cadenciado com uma pitada de erotismo, muito bom, beijos
Enviado por Edgar Alejandro Quezada Zavala

gianluca disse...

Sensualidade docemente deflagrada ... Ana , beijo !
Enviado por GIANLUCA GARBATTI

marina meyer disse...

Marina:
Lindo poema amiga!
Vc busca no fundo da alma tanta sensibilidade! Parabéns!
Beijos carinhosos

enise disse...

Cheguei à me arrepiar quando li a tua "Fantasmas"!! Que demais! E que conexão entre nós poetas né! A abordagem é diferente mas o tema e o clima eram o mesmo! Arrepiante isso!
A tua "Céu" também está maravilhosa! Adorei Aninha!
Uma tarde de domingo luminosa!
Beijos!

Luna disse...

ღ£unลღ:
Lindo seu poema Aninha
e primorosa formatação.
vc que faz?
um excelente domingo
beijos

ernesto disse...

Ernesto:
Você escreve lindamente!
É um prazer ter uma amiga com esse talento!
Bjo no teu cração e uma semana iluminada!
Responder