20 de set de 2007

VENTO SUL


VENTO SUL

Madrugada gelada
e sem honra
maldito silêncio
a gritar

dorme, dorme
não luta, mulher!

esbravejam
pétalas caídas

os pássaros
morreram na geada

apagaram
a estrela fugaz

e o vento sul
impiedoso

enrijece
teu corpo de dor;

medíocre
gargalhada...


Ana Wagner

2 comentários:

sofialisboa disse...

Olá Ana venho retribuir seu comentario, obrigada sofialisboa

nanci disse...

Lindo Ana, quando o silêncio grita, chega a nossa alma kkkk Bjs na tua alma
Enviado por Nanci Cerqueira