31 de ago de 2007

ÚLTIMO BEIJO


Último Beijo

Beijo
a vidraça do quarto
divido a lua
debruço-me à sombra.

Coração
outrora poeta,
chora
unhas cravadas no escuro.


A janela abandonada
calam os grilos
na noite morrem
sonhos
na calçada.

(Ana Wagner)

Um comentário:

Poeta da Lua disse...

falas tanto de poeta...
é sobre voçê mesma que falas?